Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por onde anda minha fé?

Por favor, meus amigos Santos
Por onde anda minha fé? Aquela fé
Inocente dos meus tempos de criança
Quando saía junto com meu pai
No sábado de aleluia, de pedra em punho
Pronto para massacrar algum Judas de pano
Pendurado nos postes de minha rua.

Eram tempos em que eu me sentia
Muito mais seguro de tudo
A vida e o mundo me pareciam
Mais justos com a certeza da eternidade
E do tão esperado reencontro com aqueles
Que em determinado momento partiram
Sem prévio aviso e nos deixaram a chorar.

Será que guardei toda minha fé
Dentro de uma gaveta escura
Junto com o terço da primeira comunhão
O Salve Rainha e tantas outras orações
Que nunca mais ousei pronunciar
Orações que minha vó Rosa com seus
Oitenta e poucos anos rezava todas às noites.

Quantas batalhas internas travadas
Entre dois mundos existentes em mim
Meu lado que crê contra o meu lado
Que em nada acredita, de tudo duvida
Que questiona e desafia os Dogmas
Sem a certeza da coerência nas palavras
Como tiros que saem pela culatra.

Nessa batalha que teve início
Não sei exatamente quando
Até agora o único ferido foi eu mesmo
E como são dolorosas essas feridas
Principalmente quando me deparo com
A emoção de ver jovens reunidos louvando
A um Deus que jamais duvidaram existir.

Por favor, por onde anda minha fé...?


ERB
Outubro de 2006.
Elano Ribeiro
Enviado por Elano Ribeiro em 04/10/2006
Código do texto: T256475
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elano Ribeiro
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
60 textos (6007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:44)
Elano Ribeiro