Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor ancião

Na subida do morro olhou para cima
Reclamou da sina ao ver a ruina
Do seu grande amor

Campos desvastados, choro chorado
De um sonhador, no topo da serra
Onde se encerra a visão desvairada.

Silêncio total, tudo parecia bem
Vendo a criança solta no quintal
Mãe maltrapilha no sol que não brilha
Ao som do cristal.

Asa morena, moça sem pena
Do bem e do mal, parada no canto
Agitando pranto do meu madrigal

Tudo é pequeno, cobra e veneno
Soltando fumaça no cuspe que sai
Cortando o céu, atravessando montanha
Para o sonho por fim.

Jogou-se e tremendo o coração
Rolou pelo chão pedindo socorro,
No fim do morro, ao amor ancião.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 05/10/2006
Reeditado em 28/10/2006
Código do texto: T256673
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79563 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:52)
R J Cardoso