Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida cheia de chaves


Que culpa tenho
se minha vida é um caos
e cheia de aves e chaves?

Não aprendi
a viver diferente.

Cada dia instalavam em mim
uma nova fechadura.
E da maioria nem sei
onde guardaram a chave
para que pudesse um dia abrir
esses cadeados ferrados.

Vai saber
se tinham chaves.

E, se minha vida não leva a paz,
só espero
que não entregue
a tempestade.

Se a tormenta levar,
transformo-me agora mesmo,
num quebra-mar
para resistir à força
das ondas provocadas
pelo caos dos ventos.

Disseram-me que
o caos é a falta
e o início de algo.

Início de algo, que pode ser a paz
que se encontra
na corrente do mar
que leva ao céu.
Maria
Enviado por Maria em 05/10/2006
Código do texto: T256722
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185895 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:57)
Maria

Site do Escritor