Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[falas-me de um sorriso que esvoaça]



falas-me de um sorriso que esvoaça
em redor da luz

de uma nascente
onde as palavras são puras
cristalinas
com seus corações de água

e eu aqui
sentado neste café
olhando o mundo a passar

tão concreto como uma navalha
rasgando a pele da solidão

mas escuto-te

persisto em acordar a tua voz
entre sombras e escombros
que restaram do tempo
em que fazer memória
valia a pena

perscruto o que reside
dentro das vidraças

estas ruas por onde o olhar se faz
vagabundo

talvez com a secreta
esperança
de encontrar o fio de ouro
em que se tece a tua voz
Xavier Zarco
Enviado por Xavier Zarco em 05/10/2006
Código do texto: T256860
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Xavier Zarco
Portugal, 48 anos
38 textos (1049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:49)
Xavier Zarco