Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhecer...
para Fernanda Araújo

Noites são belas
Quando as estrelas nos acomodam em seus colos
E a lua em vigília, nina nossos sonhos...

Noites são belas
Quando a última prece traz as mãos de Maria
Lentamente unindo os nossos olhos
Recolhendo os medos em teu manto...

Noites são belas
Quando o escuro dá lugar
Ao brilho dos sonhos
E na ausência de fantasias
Reina tão somente a calmaria
Dos pensamentos...

Noites são belas
Quando o adormecer acalenta a certeza
De um dia a mais vivido
Ainda que sofrido, levou adiante o propósito
De se fazer ainda melhor...

Enquanto as noites não forem assim tão belas
Pelas falhas de alguns,
Pelos desacertos de outros
Pela nossa própria inquietação
Pela nossa incompreensão...

Esperemos pelo amanhecer...

Dedico este poema de carinho a nossa “vizinha” de Recanto, Fernanda Araújo, que atravessa um momento muito difícil em sua vida, talvez o momento em que o ser humano, quase transparente, mais se aproxima de Deus: o momento da dor. Mas não se esqueça Fernanda, que nessa hora, é que Ele nos embala em seu colo...
Não há trevas sem fim, depois da noite sempre vem um Amanhecer...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 05/10/2006
Reeditado em 05/10/2006
Código do texto: T257056

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14087 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:15)
ziza Silvestre