Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembrando a Tabacaria

                  Lembrando a Tabacaria




Faz tempo que o Esteves sem metafísica
Não vai à tabacaria
Pela evidente razão de não haver Esteves
Nem tabacaria, nem o dono dela
Nem mesmo quem tal imortalizou.

Tudo isto faz parte de uma outra esfera dimensional
E se a porra da rima não me condicionasse
Diria que arquivado em cadernos rasurados
Numa memória dinâmica transversal.

O Esteves nem tempo sequer teve
Para apreciar as embalagens dos cigarros
Pagou as taxas do vício
Desconhecendo que “fumar mata”
Na repartição de finanças
Sem remorsos nem pesarosos processos
Arquivaram a desnecessária conta corrente do falecido.

A tabacaria continuou aberta
Não se sabe por quanto tempo mais
Mas segundo as crónicas
Nas suas portas que por um dia se fecharam
Foram afixados escritos funerários
Informando ter Deus ou o Diabo
Levado o corpo do proprietário.



Moisés Salgado

alestedoparaiso
Enviado por alestedoparaiso em 05/10/2006
Código do texto: T257128

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alestedoparaiso
Portugal
209 textos (4174 leituras)
38 áudios (1068 audições)
2 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:29)
alestedoparaiso