Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pra você

(Para Roberta Carneiro)

Esta nova poesia que, agora, vai saindo.
Será, entre as que já recebeste.
A mais estará definindo
Tudo aquilo que me concebeste

A priori, apenas queria brincar...
Mas sem maldade, só pra descontrair.
Mas, acabei por me encantar.
E meu sentimento, por me trair.

Sei que pode ser uma utopia
Algo sem nexo, irreal.
Mas, me encantei com tua magia.
Onde jamais tinha visto igual.

Amei tua pureza
Teu modo desenrolado...
Me encantei por tua destreza
q às vezes me deixou ancabulado.

Desculpas, peco, pelo q às vezes escrevo...
Mas não consigo interceder...
Sei que, algumas, não devo.
Mas elas saem sem eu perceber

Não quero te criar ilusões
Também não quero que o sejas para mim.
Mas, tb não tenho culpa se nossos corações.
Esteja querendo que seja assim.

Pode ser ate asneira
Tudo isso que estou te escrevendo.
Mas, maior que qualquer besteira.
Seria tentar esconder o que esta acontecendo
Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 18/06/2005
Código do texto: T25742

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:15)
Apenas um Poeta