Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESCREVENDO TEU DOM

(Para Roberta Carneiro)


Como expressar em palavras
Aquilo que tu pões nas telas?
Acho, não haver palavras no mundo
Para expressar o quanto são belas.

Seria, acho ate,
Atrevimento de minha parte
Tentar expor em poesias
A qualidade de tua Arte.

Mas, como a ocasião pede,
E, para as palavras, nada e impossível,
Vou tentar juntá-las
Para descrever o indescritível.

Teus desenhos tem magia...
Consegues dar vida a cada rosto.
Sem falar nos retratados
Que são escolhidos com extremo bom gosto.

Ao toque de tuas mãos
Tudo se torna belo...
Conseguindo dar a uma simples cabana
A imponência de um Castelo

Cada traço, cada rabisco...
Ate parece fotografia.
Tens muito a agradecer a Deus
Por ter te concebido este dom um dia.

Alguns parecem ter vida!
Tamanha a perfeição,
Talvez, como minhas poesias,
Por serem feitas com o coração.

Dou-te, então, os parabéns
Por este dom que tem foi dado
E esperando que este singelo resumo
Tenha ficado do teu agrado.
Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 18/06/2005
Código do texto: T25755

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:18)
Apenas um Poeta