Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEU DOM

(Para Roberta Carneiro)

Cada um tem seu dom...
Sua forma de expressar seus sentimentos.
Maneira de marcar situações
Que passamos em certos momentos.

Você com o dom da Pintura, do desenho
E, eu, com minhas poesias...
Que acabam por ter o mesmo significado
Quando retratam nossas alegrias.

Que esse seu dom se propague
E que fique marcado no infinito.
Pois, já não bastasse você,
Tudo que vem de ti também é bonito

De asas a sua imaginação,
Solte sua vontade de criar.
Pois quando começamos
Não conseguimos mais parar.

Faça como este poeta...
Aproveite esses momentos de emoção
E imortalize num papel
Toda a sua emoção.

Que cada desenho idealizado
Mostre tudo o que você sente...
Que expresse o que tens no coração
E o que trazes na mente.


»»Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.
»»Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.
»»para reeenvia-la mencione o Autor

Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 18/06/2005
Reeditado em 25/12/2006
Código do texto: T25763

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:51)
Apenas um Poeta