Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apelo


Pensei que houvesse resposta no mar...
Me sinto insegura
se apontas o dedo subitamente
duvidando
não querendo acreditar
na minha inocência...

De nada adianta
mostrar meu pranto
minha face pálida
meus passos incertos.
A inutilidade do meu gesto
deixaram meus olhos cegos
apagaram o meu sorriso
me fez sentir perdida...

Na orla da praia
sigo solitária
pressentindo o dia nascendo
do ventre da noite.
Uma lágrima de dor
corre minha face estúpida
sinto o gosto amargo...

As ondas
molham meus pés
desapercebida
pela harmonia da beleza
o momento sublime
que a mãe noite
está dando à luz
ao dia...

bette vittorino
Enviado por bette vittorino em 07/10/2006
Reeditado em 21/07/2013
Código do texto: T258578
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
bette vittorino
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 62 anos
278 textos (30114 leituras)
1 áudios (15 audições)
4 e-livros (250 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:30)
bette vittorino