Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIOLÃO.

Companheiro inseparável,
Nas horas de agonia,
Teu som tão agradável,
Nas noites de boemia.

És tu violão de pinho
Que consola-me com alegria
Na hora em que a ave ao ninho
Se esconde da noite fria.

Cantamos ora ao luar,
Ora a alguém que nos escutar,
Se vem nos um ser escute,
Se vem do, ré, fá, mi e emite.

Também sofro, quanto ri
Mas, se sofre ainda entoa,
Do, ré, mi, fá, sol, lá e si
Ao teu sofrimento à-toa.

(D`Eu)
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 19/06/2005
Código do texto: T25870
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20817 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:44)
Sidnei Levy