Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM DRAMA

sem drama,
[assim diziam]
por mais que a poesia esteja fértil,
todo poeta seca.

Ávido por perdas,
desesperado, febril, louco, desengonçado,
rasgo, por livre o espontânea vontade,
o pôr-do-sol d’um fim de tarde
[suicido dias]
Ávido por desencantos,
improvisado, bêbado, pouco, desnorteado,
mal-educado, mais por conveniência,
conto para a noite uma piada de muito mau gosto
sobre o riso perdido da melodia
que tanto gargalhou em canções de amor
[completo noites]

parto-me para outra separação!

sem drama,
[assim diziam]
cada vez que a poesia ganha um grão de lágrima,
mais um poeta nasce.
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 07/10/2006
Código do texto: T258924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:25)
Djalma Filho