Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mar

O vento sopra, levemente
soltando uma brisa, refrescante
Junto ao pontão...me debruço
Olhando o mar...

É manhã cedo, o sol...
Acaba de nascer, timidamente
Aos poucos, aquele lugar deserto...
Se enche de alegria, e cor

O vento...intensifica-se
Fustigando meu rosto
Até agora, intranquilo
O tempo...vai passando

E eu...

Afasto-me daquele pontão
Onde estive...
Contemplando o mar
De águas salgadas, e límpidas...

Mar imenso, infindável...
Com ondas, cristalinas
Beijando a praia
De areia fina, e aveludada

Ali estive, a ver o mar...
Absorto, na sua majestosa
Imponência, e imensidão
Observando-o...

Até, ao anoitecer, depois...

Saí daquele pontão
De coração aberto, e sereno...
Me fez bem, ver o mar, imponente...
Soltando as vagas...na praia

E me fez decidir...

Que um dia, e mais outro dia...
E em todas as horas
De todos os dias...
Terei de lá voltar.

Ao mar, da minha...tranquilidade
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 08/10/2006
Código do texto: T259170
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 64 anos
373 textos (27606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:48)
Mário Margaride