Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adubo com amor.

Ele nunca morre
Se recicla
Transforma
Aduba
outra flor que vai nascer
vacina o pobre amante
imuniza
anti
as dissonantes
táticas de guerrilha
da lida
o amor
este nunca foi suicida
tem sede de vida
o avesso de tudo
é cheio de si
nunca acaba
esta sempre aqui
ali
escondido
e quando menos
se espera
abri um bar
na beira mar
balança folgado na rede
longe de intrigas
cansado de trabalhar
feito as ondas
que beijam o litoral
nunca vão parar
sobe a maré
desce a ladeira
levanta da cadeira
engrossa as pernas
batendo bola na areia
dançando a sambeira
num bole bole
que deixa o corpo todo mole
abre outra cerveja no dente
trincando
manda o guri buscar mais meia caixa
que o amor chegou
veio dentro da empadinha
da vó Judite
saboroso e suculento
o amor persiste
parou no espeto
no churrasco
que meu pai preparou
mais que perfeito seu doutor
pois tudo que não deu certo
o amor ajeitou.

Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 09/10/2006
Código do texto: T260364
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34631 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:28)
Marco Cardoso