Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTO-CONHECIMENTO


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br


Há certezas e esperanças que acolchoam meu travesseiro...
Apoiada nelas, eu durmo...
São alvos,
São alvas e macias,
São guias...

Cansada de caminhadas,
Endireito os caminhos
Para chegar à fonte onde nascem as águas
Que me lavam de toda mentira,
Principalmente de mentiras a mim mesma!

Está tudo muito claro.
Claro!
O coração deixou cair as defesas e a censura
Para se mostrar por inteiro,
Por dentro
E por fora!
Coração registra tudo!
Mas nem tudo ele pode divulgar...

Não precisa sofrer tanto assim, coração!
Pelo menos pra mim, você conta...
Comigo, você pode contar!
A saúde não vem de Esculápio,
Nem de Hipócrates, nem de Galeno...
A saúde vem d´Aquele que ensinou a amar!
Ame!
Amo-me.
Devo amar ao próximo como a mim mesma!
Não mais do que a mim mesma...
Estou a reconhecer o
Primeiro Mandamento!...

-----------------------------------------------------------
Primeiro Mandamento da Lei de Deus:

"Amar a Deus sobre todas a coisas
E ao próximo como a ti mesmo."

Os Dez Mandamentos é o nome dado aos 10 mandamentos ou ordens que, segundo a Bíblia, teriam sido originalmente escritos pelo Deus de Abraão em tábuas de pedra e entregues ao profeta Moisés. As tábuas de pedra originais foram quebradas, de modo que foram feitas cópia. Encontramos primeiramente os Dez Mandamentos em Êxodo 20:2-17. É repetido novamente em Deuteronómio 5:6-21, usando palavras similares.
De acordo com o livro bíblico de Êxodo, Moisés conduziu os israelitas que haviam sido escravizados no Egito, atravessando o Mar Vermelho dirigindo-se ao Monte Horebe, na Península do Sinai. No sopé do Monte Horebe, Moisés ao receber as duas "Tábuas da Lei" contêndo os Dez Mandamentos de Deus, estabeleceu solenemente um Pacto (ou Aliança) entre YHVH e povo de israelita.

-----------------------------------------------------------

Fonte das informações: Internet - Google
-----------------------------------------------------------

Hipócrates
Hipócrates é considerado por muitos como uma das figuras mais importantes da história da saúde, frequentemente considerado "Pai da Medicina" ou "Pai das Profissões da Saúde". Hipócrates era um asclepíade, isto é, membro de uma família que durante várias gerações praticara os cuidados em saúde.
Nascido na Grécia, os dados sobre sua vida são incertos ou pouco confiáveis. Parece certo, contudo, que viajou pela Grécia e que esteve no Oriente Próximo.

JURAMENTO DE HIPÓCRATES:
"Eu juro, por Apolo, médico, por Esculápio, Higeia e Panacea, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir, segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue: estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes.

Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva.

Conservarei imaculada minha vida e minha arte.

Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam.

Em toda a casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução sobretudo longe dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados.

Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto.

Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça."
(Hipócrates)


Galeno
Galeno (129-200) nasceu em Pérgamo quando esta era colónia romana e aí estudou Medicina. Foi médico de gladiadores e foi viver para Roma em 161, onde veio a atingir uma posição conceituada, vindo a ser nomeado médico do filho do imperador Marco Aurélio, Cómodo, que foi igualmente imperador em 180. Galeno baseou-se na Medicina hipocrática para criar um sistema de patologia e terapêutica de grande complexidade e coerência interna.
Esculápio era o deus romano da medicina e da cura. Foi herdado diretamente da mitologia grega, na qual tinha as mesmas propriedades mas um nome sutilmente diferente: Asclepius ("cortar").

Esculápio
Esculápio era o deus romano da medicina e da cura. Foi herdado diretamente da mitologia grega, na qual tinha as mesmas propriedades mas um nome sutilmente diferente: Asclepius ("cortar").
Esculápio era representado como um homem barbudo, com o ombro direito descoberto, de olhar sereno ao horizonte, ora acompanhado de sua filha Hygiea (Higia, a saúde), ora sozinho. Seu braço esquerdo, sempre aparece apoiado num cajado, confundido às vezes com o caduceu de Mercúrio, que possui duas serpentes, enquanto em volta de seu bastão há apenas uma serpente. O bastão de Esculápio se transformou no símbolo da medicina.
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 10/10/2006
Código do texto: T260932
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34686 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:56)
Euna Britto de Oliveira