Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABOTOANDO A MÁSCARA

Desabotoei o vestido em que habitava
Me livrei dos botões da gola que me apertavam
Desabotoei os punhos do vestido da censura obrigada
e também da moral exigida que tanto me assustava
Desabotoei todos os botões da desilusão
e, num despir-me completo, me coloquei nua no clarão
Deixando cair a máscara e mostrando a cara
Tolamente vestida
Mas vestida de mim mesma
E iluminada pela luz da liberdade...



(inspirada no poema "METÁFORAS EM BOTÃO", de José de Castro, aqui do Recanto)
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 10/10/2006
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T261154

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326152 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:15)
Maysa Barbedo