Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo...

Matérias primas do canto dos pássaros,
Matérias primas da alma bendita,
Não quero saber do sabor desta vida...
Fecho meus olhos a verdade, castiga.
Ventanias serenas me trazem o amargo,
As linguas desta sociedade querem reclamar,
Parem! Não quero ouvir teus lamentos,
Deixe-me sozinho aqui neste lugar.
Que esta noite eu possa dormir em paz,
Que eles sofram se eu não acordar,
Entre mares e morros vão me procurar,
Mas, que eu, um anjo possa calar,
O coração daqueles que me amar...
As matérias estão se disfazendo,
Sendo destruidas pela própria beleza,
Sendo cobiçadas até não mais existir,
Exalando o perfume dos teus Adeus...
Olha, carrega no peito o sossego da vida...
Respira por tudo o que já passou,
Sem sentido, sem nexo, sem saída,
Filisofia de um sonho sem amor...
Então esquece, deixa ai,
Nem vou tocar,
Hoje, esta noite, só quero descançar...
Para os deuses gregos que nunca acreditei existir,
Para o anel do poder, que procuram encontrar,
Para o porque de estar aqui...
Busque, sua missão é buscar...
Nem tudo, pode acontecer...
Porém, na verdade, tudo acontece.
Daiane Rodrigues
Enviado por Daiane Rodrigues em 20/06/2005
Reeditado em 22/06/2005
Código do texto: T26134

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Créditos (criação): Daiane Rodrigues. - Não é permitido usar esta obra para qualquer fim sem a permição da autora.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daiane Rodrigues
Américo Brasiliense - São Paulo - Brasil, 27 anos
392 textos (25450 leituras)
1 áudios (108 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:52)
Daiane Rodrigues