Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ynIa]

De posse do que é meu,
tomo as rédeas da vida, meu destino, minha sina,
e sigo o caminho por mim traçado, já desde a origem da vida.
Sou o que sou!
Sou a força sem fraqueza,
sou o vôo do condor com toda sua destreza,
sou a luz que dissipa as trevas,
iluminando os caminhos para novas terras.
Sou o grito, o conflito, sou a busca incessante
das respostas que encontro em mim mesma,
porque sou o universo sem limites e sem fronteiras.
Sou a bruxa que com encanto enfeitiça,
ou a fada, que com seu canto conquista.
Sou anjo e demônio, menina e mulher.
Carrego comigo o sangue de meus ancestrais,
e as honras legítimas de seus atos de paz.
No deserto da vida, encontro a valia do sol que alimenta,
nutrindo a todos que colocam-se sob seu jugo ,mesmo nos momentos
em que atravessam as grandes tormentas.
Sou o deus e a deusa,
de sua essência fui criada e recriada,
sou a magia jamais sonhada, porém na criação personificada.
Trago em mim o poder da criação, desejo e sedução.
 Da sabedoria e conhecimento faço minha morada
e a areia que marca o tempo, retenho em minhas mãos.
Num único pensamento desço dos céus aos infernos,
e rompo ferozmente com os falsos credos
pois sou o que sou,
dona absoluta de mim mesma ,
e de meu destino,
comando a roda da vida,
seguindo o meu caminho.
Aisha
Enviado por Aisha em 20/06/2005
Código do texto: T26152
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:08)
Aisha