Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carlos e Eu [ 2 ]

Carlos e Eu - 2

"Na curva perigosa dos cinqüenta
derrapei neste amor. Que dor ! que pétala
sensível e secreta me atormenta
e me provoca à  síntese da flor "

Desse néctar sutil, voz finalizada
a instilar-me inebriante veneno
qual efêmera ninfa embriagada

"que não sabe como é feita: amor
na quinta-essência da palavra, e mudo
de natural silêncio já não cabe
em tanto gesto de colher e amar"

E tanto , até que morte me defina
esvaindo em seiva retorcida
esse desejo denso que sublima

"A nuvem que de ambígua se dilui
nesse objeto mais vago do que nuvem
e mais indefeso, corpo! Corpo, corpo, corpo"

Objeto tenro e feroz. Faminto!
Alicerce mais que frágil, aniquilado
a doer-se a própria porosidade, venal

"verdade tão final, sede tão vária
a esse cavalo solto pela cama
a passear o peito de quem ama."


Claudia Gadini
09.05.05

[A Carlos Drummond de Andrade,
- Quarto em Desordem - uma homenagem ]
Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 13/10/2006
Código do texto: T263393

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:21)
Claudia Gadini