Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pra que todos saibam que nos amamos

Pra que todos saibam que nos amamos
=====================================ErdoBastos

Perco-me em sonhos,
ouvindo-te em tuas canções
Delírios risonhos
que nos unem os corações

E me trazes toda sorte de flores
colhidas por ti na vida
com todos os odores e cores
em oferenda de amor, que sinto recebida

E assim, fazes que me sinta um Deus
Deusa que és, me fazes teu igual,
ofertando-me sentimentos teus.
Dois corações unidos por um ato divinal...

Pois também eu, minha oferenda vim trazer-te.
E a entrego assim, já Deus, em ritual de dança.
Venho e trago-te este pássaro verde,
pra que te encante com o canto da esperança.

E aos pés do amor, neste altar te entrego,
esta oferenda de amor e crença.
Em ti eu creio e tu crês no que prego.
Somamos força, pra que o amor vença.

Divinizados pelo Amor Supremo
temos direito a nosso próprio universo
E rimos juntos, brincando de fazê-lo
criar-se aqui, em forma de Divino Verso.

Deuses poetas, rindo de mãos dadas
Flanamos na liberdade da magia
Juntos, em todas as coisas criadas.
A doce mistura, do Amor e da Poesia.

E o passarinho verde,
o amuleto da nossa alegria,
nos acordará, sempre contente
com seu cantar de dizer BOM DIA!

=============================




ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 13/10/2006
Código do texto: T263437

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36904 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:13)
ErdoBastos