Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Festim!

Cabeças aladas, cobras & lagartas acenam,
Caldeirão sem fundo fervendo, bisnagas,
Duelos de vassouras, espadas, asas & punhais,
Bailados devotados para a Lua faceira,
Maçãs encantadas sendo preparadas,
Sereias ondulam com o retorno dos druidas,
Areia de Peleponeso onde o grego fincou a lança,
Ervas do oráculo no atiçador de correntes,
Treze são as velas, os sabonetes & os panos,
Seda de preferência, pode ser cetim,
Runas rubras contam os ossos no chão,
Para se manter virgem é melhor ficar em casa,
Chore a vontade ralando todas as cebolas,
Alho frito no azeite é para degustar,
Com todo o vinho que o corpo agüentar,
Segurar o demônio pelos chifres & chutar,
Fragrância almiscarada entre lírios & violetas,
Assados de carneiro & coelho, frios & pães,
Libações para todos os deuses & afins,
A natureza agradece toda a festa!

Peixão89
Sexta-feira, 13.10.2006.
Peixão
Enviado por Peixão em 14/10/2006
Reeditado em 15/10/2006
Código do texto: T263981
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:09)
Peixão