Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FALSA VESTAL

  Enamorei-me de uma (falsa...) Vestal,
  olhos negros e brilhantes que amei,
  adorei a pele morena quente e macia,
  como a uma deusa romana,
  prostrei-me diante de ti...
  Ouvi no seu canto-encanto-sereia o doce chamado do Amor,
  eternamente te quero na tranquilidade de minha vida.
  Nos meus pensamentos és musa constante.
  São insônias as noites sem ti.
  Dos seus futuros planos quero ser,
  com o seu Amor quero viver.
  Um harmonioso lar e muitos sonhos a realizar...
  Eu te quero por todos os anos que ainda posso ter...
  Ouro de tolo.

  * Vestal - Sacerdotisa de Vesta, deusa  romana do fogo, deviam permanecer virgens e guardar a chama sagrada do templo, por extensão: mulher muito honesta, casta.

         
Augusto de Sênior
Enviado por Augusto de Sênior em 14/10/2006
Reeditado em 21/07/2012
Código do texto: T264041
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto de Sênior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
140 textos (58673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:53)
Augusto de Sênior