Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBÉLULAS RUBRAS - 12ª Tríade

OS CADÁVERES

O teu itinerário é aleatório;
buscas
no horizonte algum vestígio
de divindade.
Ai, Senhor! Quantos cadáveres
passeiam nas ruas obscuras da cidade.


DUAS MÃOS

Dá-me tua mão!
atravessemos juntos
este precipício;
a carcoma avassala nossos dias.
Tenho Medo! E tu?
É menor a dor, a sede e o sacrifício.


PAIXÃO

À página branca pousa
um passarinho,
meus olhos negros refletem
sua inquietude.
Súbito, teus lábios na paisagem.
Acredite! Resisti o quanto pude!
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 14/10/2006
Reeditado em 06/02/2009
Código do texto: T264241
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:09)
Enzo Carlo Barrocco