Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SOM VINHA DE LONGE


O SOM VINHA DE LONGE
Tarcísio R. Costa
 
O som vinha de longe.
Eram instrumentos desafinados
pelo vento, e pelas nuvens tocados,
ouvia-se uma canção confusa,
ecoava do mundo sideral,
aquele som difuso.
 
Fiquei por demais perplexo,
nada via... apenas, distante, ouvia
aquele som sem nexo...
Era um poeta a cantar a sua poesia
 
Não ousem entender
o que sente o poeta
ao proceder assim...
São momentos de alienação,
é como se tivesse sem o coração
e agisse, apenas, o seu inconsciente,
com lances de um inconseqüente,
que vive da ilusão...
 
Pode parecer loucura,
mas, não lhe foge lucidez,
apenas, há uma escassez
de um raciocínio lógico,
um pouco de sensatez
 
Não dá para entender,
onde onde ele pretende chegar,
pode ser no mundo da ilusão...
Mas é fácil detectar a conclusão:
Como ele é um apaixonado,
quer aportar num coração.
 
Tarcísio Ribeiro Costa
Tarcísio Ribeiro Costa
Enviado por Tarcísio Ribeiro Costa em 14/10/2006
Código do texto: T264249
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
547 textos (34103 leituras)
14 e-livros (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:43)
Tarcísio Ribeiro Costa