Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MORADA

Encostada ao pé da serra,
Num pedacinho de terra,
Construí minha morada.
Vivo cheio de esperança,
Como vida de criança,
Não desconfio de nada.

Minha casa é amarela,
Bem na frente uma janela
E uma varanda espaçosa.
No meu pequeno jardim,
Um belo pé de alecrim
E muita flor perfumosa.

Uma coisa mui bonita,
Toda tarde nos visita,
Um casal de seriema.
São coisas da natureza,
Num recanto de beleza,
Num pedacinho de Extrema.

Tem muito amor e vida,
Nesta Terra querida,
Que me viu nascer.
É motivo de emoção,
Bate forte o coração
Que o peito faz doer.
João Barbosa
Enviado por João Barbosa em 15/10/2006
Código do texto: T264915
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Barbosa
Extrema - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
160 textos (10958 leituras)
3 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:15)
João Barbosa