Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O Poema

O poema é o instante que se deixa apanhar,
o sentimento que se deixa entrever,
a alegre irreverência de se desnudar,
a pura indecência de viver.

Revira-se o tempo até chegar ao Passado
onde se julgou feliz. Pouco importa, agora tudo está perdoado.
Quanto ao Futuro, não se preocupe, está muito distante.
Será incapaz de reter o poema que é um só instante.

Momentos, murmúrios, lamúrias, agruras.
Em cada esquina acha-se um poeta exercendo o seu oficio,
ainda que ele não saiba disso.

O poema é o instante que se apanha,
a vida que se assanha,
a dor que amaina.

Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 15/10/2006
Código do texto: T265048
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
1758 textos (328253 leituras)
1 áudios (27 audições)
4 e-livros (4090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:04)
Fabio Renato Villela

Site do Escritor