Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não cessará minha busca

Procuro dentro, bem no fundo da alma
Um pouquinho do que nasceu aqui
Estiro toda minha esperança na janela
Que exposta, fica a esperar com calma.

A mesma calma que eu já nem sei se ainda tenho
Mas sei que não morreu, não cessará minha busca
Mas quando ouço um sussurro de ti sei que venho
E corro pra dentro de mim e vejo a luz que ofusca.

Tão grande esta luz como no dia que nasceu
Caiu, brincou, chorou. Sorriu, correu
Não cessará minha busca, pois sei que ainda não morreu.

Nua nasceu a essência que dentro de mim se esconde
Que no dia – a dia – se entrega na guerra
E de noite no frio da chuva cai por terra.
Fi
Enviado por Fi em 15/10/2006
Reeditado em 14/01/2007
Código do texto: T265143
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fi
São Paulo - São Paulo - Brasil
36 textos (2101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:14)
Fi