Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Regressão


 
 

 
"...Nuvens e idéias inconscientes
desagregam-se na mesma forma
do não ser...
Sinto-me agora leve e sem peso
Descontraída e livre
 de uma distância sem época.
Lanço-me violentamente
ao  espaço da minha existência
E despejo-me toda nesse invólucro...
Carrego-me pernas e braços
pra dentro desta forma-informal
e me exibo microscopicamente
dentro  de um lugar
desconhecido e escuro
Desmancho-me em trevas...
Origino-me tal qual como quando nasci
Assim, criança,
  desprovida de vibrações inquietas
Sabendo apenas
que algo se processa estranho...
Diferente demais pra mim,
apenas um  ser sem ser...
Não existe mais tempo
pra pensar ou repensar
Regredi conscientemente de olhos abertos
E por ser necessário,
renovo as forças e já não me sinto
 tão pequena dentro dessa distancia
 entre início e fim...
Forças me prendem
Fraquezas me bastam
Insuficiências sorriem-me e
Desejos tolos são ignorados...
Quero esquecer o crime de saber
O que todos desconhecem..."
Sonia Pallone
Enviado por Sonia Pallone em 28/01/2005
Código do texto: T2654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Pallone
Atibaia - São Paulo - Brasil, 65 anos
277 textos (17855 leituras)
2 e-livros (160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 13:58)
Sonia Pallone