Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE VAI RESERVAR

No mais sombrio
Do meu caminho
Que deixou como herança
A vontade de esquecer a lembrança

De todo o teu grafar
Sem ao menos amenizar
De todo o teu timbrar
Sem querer sanar

Do inefável desejo torturante
Da forte maldade flamejante
Que insistentemente continuando
Vai que vai se perpetuando

Por ter me debatido
E ter me rebatido
Com o mais descabido
E o incabido

De atos turbulentos
De fatos que não aguento
Fugindo da verdade
De toda a realidade

De tudo o que me arruínas
Deixando os resquícios
Para todos os indícios
Para me deixar propícia

A me levar a demência
Sem um pingo de clemência
Querendo a vida me amputar
Fazendo ela se encurtar

Para me tornar um ser inerte
Totalmente de mim sem vestes
Como se tivesse tomado um sonífero
O que me tornou tudo menos sofrido

Fiquei com o olhar sem direção e desbotado
Um olhar que olha e não vê desmaiado
Com a imagem do rosto que parece cálido
De uma face tão recolhida que fica pálida

Por quem me ama fui socorrida
Por quem me ama fui sobrevivida
E fizeram de tudo para isso se dissipar
E esse mal de uma vez por todas se descortinar

Me tirando dos olhos a neblina
Que tanto da minha visão me encobria
Saí daquele horrível entorpecimento
Que vivi por muito tempo aquele momento

Hoje sou uma voz que murmura
Todo o rancor de quem tem culpa
De quem me colocou no fundo do poço
Sem cordas pra me segurar, até o pescoço

Não lamento mais essa dor
Porque não sinto mais o amor
Quem me fez tanto mal deixei de amar
E não fiz nada para não acabar

Dessa pessoa eu tenho toda a ânsia
De estar cada vez mais na distância
E com a maior calma vou aguardar
O que a vida pra essa pessoa vai reservar...
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 16/10/2006
Reeditado em 16/10/2006
Código do texto: T265579

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326138 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:12)
Maysa Barbedo