Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras silenciosas

Para uma pergunta ou para uma queixa,
silenciosas, as palavras brotam d´alma...
Por que? Por que, amor, você me deixa
se só seu amor me ilumina e acalma?...

Tristes, as palavras fremem, voluteiam...
Não há respostas para o irrespondível...
E os sonhos, que em ais se incendeiam,
morrem de dor nas dobras do impossível...

Ah, carregar este afeto sem ser a dois...
Nele não ter fé, nem pra hoje ou depois,
é reinventar o sofrimento mais atroz...

E as palavras, que já teceram Poesias,
ficam a meio, silenciosas e tão vazias
quanto este amor, depedaçado em nós...
Marinhante
Enviado por Marinhante em 16/10/2006
Código do texto: T265701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marinhante
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
114 textos (1409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:37)
Marinhante