Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo pra Aninha

quando morrer
deixo pra aninha:

um pasto de éguas,
uma bebedouro de
touros,
uma alavanca
de puxar,
uma escada
pra descer,
um vento
pra colorir
de branco,
com
os cabelos delas
empesinhados
de ternura,
e um prado,
com sol poente.

mas, tem mais,
pra aninha:

um presente,
de
verso meio
anão,
mas de agrado,
pro seu
sentimento
populado de
cristão:

"bela aninha,
quando vou a ti
vou de carinho,
pois você é
o início e o fim
de minha alma
e de meu torvelinho. "
José Kappel
Enviado por José Kappel em 16/10/2006
Código do texto: T265714
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:36)
José Kappel