Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Farreiras

mulher afoita,
doita de
carne,
tem prazer
em tudo,
até no azar,
de sua pura
solidão.

tem dez,
metade de um,
um milhão fez.
 
pobre mulher
de ninguém,
sem nenhum
início,
coberta
de afins.

mulher dos farreiros,
vestida de brincos,
coberta de alisos,
mas, pobre,
jaz no ócio,para
morrer ferina !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 16/10/2006
Código do texto: T265876
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:36)
José Kappel