Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Piedade Santa Sara...Piedade!...

E a cigana elevou seus olhos de pranto
Aos céus, rogando a Santa Sara piedade.
Não podia mais conter a dor da ausência.
Piedade Minha Santa Sara... Piedade!...
 
Morro aos poucos nesse vazio assassino,
Minha alma desgovernou, o desejo é fogo!
Meus olhos são rios, chuvas, enxurradas
Pássaro preso e só, morrendo de desgosto
 
Piedade Santa Sara, piedade do meu peito
Sangrando, dilacerado por miserável seta.
O orgulho nos destruiu, arremessou ao nada,
Só ele pode acalmar a minha vida inquieta...
 
Tenha dó de mim, pobre ser, pobre andarilha,
Dançando, sorrindo falsamente, junto à fogueira,
Girando alucinada, afugentando diabos, fantasmas...
Querendo seus beijos, sua gargalhada zombeteira.
 
Piedade Minha Santa, piedade para essa cigana,
Sua filha sofredora, rebelde, perdidamente apaixonada,
Que quer somente a felicidade vivida nos dias passados
Seu nômade, seu amor querido de volta e mais nada!
 
Piedade Minha Santa Sara... Piedade!...
Para essa filha alucinada!...
Mary Trujillo
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 21/06/2005
Código do texto: T26603

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (25776 leituras)
41 áudios (1840 audições)
8 e-livros (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:03)
Mary Trujillo