Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA!

 
Não sei quem és. Mulher ou homem, que interessa?
De ti, me importa a paz que trazes... ou a guerra.
De ti me importa o cheiro a vida, a sangue, a terra...
De ti me importa o verbo alado da promessa.
 
Além do verbo, tu, efémera existência,
na dor e no prazer, serás como os demais.
Não sei donde vieste ou para onde vais,
nem faço de sabê-lo insólita exigência.
 
Importa-me saber os êxtases das horas
que vives nesse caos de sonho e rebeldia,
nesse insondável caos que cantas e que choras...
 
E deixa-me voar no verbo que irradia,
que subo, além limite, até onde tu moras,
nas horas em que tu és deus e poesia!
 


5 de Janeiro de 2005.
Viana do Alentejo * Évora * Portugal
José Augusto de Carvalho
Enviado por José Augusto de Carvalho em 21/06/2005
Código do texto: T26625
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Augusto de Carvalho
Portugal, 79 anos
182 textos (7605 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:02)
José Augusto de Carvalho