Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resistência (1)


Há de ferir de maneira abusiva
O ideal que se busca compreender
Na desordem em que se vê envolvida
E há de se fazer imperativa
De modo surpreendente, a suspender
Qualquer possibilidade de investida

Pulsa a essência do desejo
Na teimosia de quem jamais desacredita
Porque a hipocrisia fere e mata
Provoca amiúde o desassossego
E sendo a vida energia que é bendita
A todo imbróglio ela desata...

O ato de resistir em si não se justifica
Por ser desculpa e ardil dos traiçoeiros
Ação que impede a desenvoltura
Viver é ousadia que ao bravo qualifica
Provocando sentimentos pioneiros
Ao vencedor da lida que o tortura.






Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 21/06/2005
Reeditado em 16/10/2005
Código do texto: T26638
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215230 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:40)
Priscila de Loureiro Coelho