Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insólito

Quem puder escutar esse grito sufocado
Que não tenha piedade
Quem me vir atormentado
Que se vingue mesmo sem vontade

Arranco minha pele em lágrimas
Não de dor ou prazer
Vivo em lástimas
Sem saber o que dizer

Meus amores são efêmeros
Pois não me compram
Apenas me vendem

Dissonante sou aterro
Um tanto errante
Humberto Amorim
Enviado por Humberto Amorim em 17/10/2006
Código do texto: T266715

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Amorim
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
55 textos (1923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:28)
Humberto Amorim