Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde está o amor? Reclama o poeta.

Um poeta não vive de versos,
o poeta que ama,
não pode mais amar.
Ninguém quer escutar,
o que o poeta reclama.
O poeta sente seus dígitos.

Esse poeta aqui anda revoltado,
amargurado com o que vê.
Esse poeta aqui já não acredita em paz,
não acredita em paz perante o que vive.

Esse poeta pega ônibus,
estuda, trabalha, tem família e responsabilidades como qualquer um.
Mas também tem sentimentos,
e não acredita que todos tenham.

Não acredita que tenham esse sentimento,
porque vê tristeza nos olhares alheios.
Vê bombas sendo construídas em países distantes,
vê bombas expludindo nas ruas da cidade.

Vê fome, frio, sede...
Vê e não mente...
É apenas triste,
mas para esse poeta é revoltante.

Onde vamos parar?
Na lembrança dos livros que persistirem?
Onde vamos chegar?
Na dor do fim que ficam nos olhares?

Onde está o amor?
Esse poeta perdeu seu versos românticos nesse instante.
Esse poeta que esta apaixonado,
não consegue escrever sobre sua paixão.
Há uma grande dor,
Cravada no peito reclamante.
De um poeta desarmado,
que não tem como lutar pela salvação.

O poeta reclama paz...

O poeta reclama AMOR...
Michel Wooller
Enviado por Michel Wooller em 17/10/2006
Código do texto: T266982

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link de onde encontrou). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michel Wooller
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
43 textos (2285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:34)
Michel Wooller