Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca diga

A ausência do que falar confronta com a angústia da mudez
Essa mudez ensurdecedora que teima em estourar meus tímpanos
Quero falar
Não quero dizer
Não quero ser ouvido
Quero falar
“Falar” é farto de rastros invisíveis pela visão
O dizer sempre é traído pela audição
A fala
Esta sim está sofrendo
Na sua claustrofobia rotineira
Presa entre as costelas e o fígado
Rasgando os ligamentos entre todas as células
Num mundo, qualquer, inexplorado.
Quero falar
Não quero dizer
Não quero palavras
Danem-se os verbos, propósitos e méritos.
Eu não quero querer
Eu não quero não querer
Não sei o que quero, eu.
Quero uma frase grande
Agora vou falar tudo aquilo que dizem, quando na verdade deveriam estar falando:
Eu quero falar!
Rafael S Valle
Enviado por Rafael S Valle em 18/10/2006
Código do texto: T267144
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael S Valle
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
176 textos (5034 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:28)
Rafael S Valle