Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdido

Ei! Você aí...
Eu sei como é
Todos os dias acorda, e se veste
Coloca sua mascará, e acredita ser diferente
Mas você não quer assim
Porque não pode ser simplesmente você?
Porque tem sempre que forjar um ser
Porque parece mais fácil ser aquilo que esperam que você seja?
Tudo porque o que você é, não é importante
Tem que ser alguém, ser grande
Sentimentos? Quem os deseja?
No fim tudo é fugaz
Passa tão rápido que nem lembra
Todas as noites se deita, e se perde
O teu chão é mesmo firme
Começa a confundir quem é o ator e a personagem
Tanto trocou de rosto, que acostumado está
Ser muitos, enquanto não é ninguém
Foste medíocre hospedeiro de vontades alheias
E o que você queria?
Você só queria ser alguém...
Hugo Eduardo
Enviado por Hugo Eduardo em 18/10/2006
Código do texto: T267300
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hugo Eduardo
Fortaleza - Ceará - Brasil, 34 anos
28 textos (1448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:53)