Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A NOITE DOS ENIGMAS

 
A orquestra da noite entoa melodias secretas...
sinfonias azuis de alvoradas sonhadoras
e o meu coração solta-se...evade-se...
vagueia pelo infinito dos devaneios
que clamam encantos e mistérios...
 
Enigmas...suspensos em véus transparentes
  deslizam no leito das madrugadas deslumbrantes...
Segredam-me teus olhares...versos tresmalhados
nas nuvens doiradas dos teus pensamentos...
Poesias amorosas que desfilam apaixonadas
nas avenidas luzentes do sumptuoso
Castelo do Universo.
 
No aconchego suplicante da noite contemplo
o sorriso revelador das estrelas cintilantes,
declamo os versos escritos que eu leio no luar...
respiro as flores das madrugadas orvalhadas
e bebo nos cálices do amor...lágrimas de saudade.
Enigmas solitários que habitam nossas almas enlaçadas
querendo soltar-se do Tempo resguardados...
 
Já é o momento certo...o coração sente...e é no cântico
da aurora que vislumbro as notas das tuas melopeias...
dos teus enigmas...esses pedacinhos de mistério
que escondem nossos destinos...
Sagradas histórias esquecidas na nossa memória.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Reeditado em 29/01/2008
Código do texto: T26779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:21)
Fanny Estrela