Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Engano

Lembras-te daquele dia
Em que te amar eu dizia,
Em que chorava por ti ?
Era engano, não te amei,
Mas apenas hoje sei
Porque sei como sofri.


Aquela sensação estranha
Causava mágoa tamanha ...
Não podia ser amor !
Amar é imensa calma,
É sentimento da alma
Não pode provocar dor.


Era um fogo tão intenso,
Tão forte, que hoje penso
No nome dessa emoção.
E assim eu descobri
Que aquilo que eu vivi
Não era amor, mas paixão.


Do fogo só cinzas restam,
Mortas, cinzentas ... Não prestam,
Não são dignas de quem sou.
Soprei-as e ... quem diria ?
Por baixo da cinza fria
Outro sentimento ficou !


Hoje existe uma diferença
E ela é tão imensa
E tão cheia de verdade,
Tão simples, que eu não via
Que a paixão só dura um dia,
O Amor, a eternidade ...
Cri
Enviado por Cri em 22/06/2005
Código do texto: T26797
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cri
França, 58 anos
30 textos (7245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:36)
Cri