Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Também quero alento



Também sou frágil
e preciso de alento.

Também preciso de atenção
e imploro ao vento
todos os dias
para que leve minha voz
até a mais alta montanha
e lá grite que também espero
um carinho, um afago,
um alento.

E o que tenho recebido?
Silêncio completo.
Um, desculpe te decepcionar,
desculpe não aparecer aqui
por três longos anos,
mas estava com outra pessoa
neste tempo.

Uma pessoa muito frágil
que precisava de mim.
Eu entendo isso,
mas também preciso de você.

E então, antes mesmo que possa
dizer alguma coisa ouço:
- Agora já vou indo,
dormir sozinho
e pensar nos meus pais
e nos meus amigos.

E eu?
Eu... fico eu aqui sozinha,
realizando o que gostaria
que tu estivesses fazendo:
Pensando em mim.
Maria
Enviado por Maria em 19/10/2006
Código do texto: T268132
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4554 textos (186062 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:17)
Maria

Site do Escritor