Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Amarela


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



Uma delicada gota
acompanhada de muitas
tamborilou com cuidado a cantiga que as chuvas gostam
de derramar nos telhados dos mosteiros...
Dentro de casa, estávamos nós duas:
Eu e a solidão.
Muito melhor que a confusão!...

Como um padre no confessionário,
da janela, eu escutava o som da chuva
nas folhas fendidas das bananeiras...
Os coqueiros onde o pássaro-preto gosta de fazer ninho
lotavam o terreno!...
Não havia mais nada de novo na terra,
a não ser o indiscutível, indescritível apelo
ao recomeço para acabar
o inacabado...

Ah, de desgosto eu não morro!
Não morro, pois sei de socorro.
Rabisco no ar um SOS
e Deus entende que é uma prece...

Uma medrosa rosa desabrocha
sob os cuidados da jardineira de Lisieux...
Só ver pra crer!...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 19/10/2006
Código do texto: T268342
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34673 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:40)
Euna Britto de Oliveira