Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poeta

O Poeta só encherga, a luz,
vagando na escuridão;
Só vê a grande verdade,
soterrado, na mentira.
Não se deixa iludir

ilusão é sua cruz.
Extrai da realização
bondade e maldade.
Experiência que lhe confira
a coragem de não fugir.

O Poeta não tem dom
ele tem calma e atenção.
Seus desejos oscilam
entre o motim da loucura
e o desejo pelo nada.

O "Cara" não é bom
e nem é mal. Ingratidão
e escarro, sustentam
seu coração de feiúra.
Sua trajetória é transtornada

só encherga a luz
essa é a sua cruz.
Não goza nenhum dom;
nele, nada é bom.
(Paulo Bossi)
PAB
Enviado por PAB em 19/10/2006
Reeditado em 06/11/2006
Código do texto: T268373

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PAB
São Paulo - São Paulo - Brasil
52 textos (2979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:54)
PAB