Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ERRANTE

*Fanny*

Abrem-se os portais da madrugada
na esperança que chegues com o beijo da Lua
mas as estrelas escondem-se...
murmuram-me somente
ausências de ti.

Vagueio pelas veredas dos meus silêncios,
abro as janelas do horizonte
mas apenas vislumbro a escuridão
e a saudade que chora por ti
aconchegada em minha solidão.

Às vezes, nem sei se adormeço...
sei que sonho que vens até mim
e o meu sorriso galga o infinito,
querendo tocar-te... amar-te.

Ouço as melodias peregrinas da noite
e o teu olhar parece estar a seguir-me
disfarçado nas sombras da lua e do vento.
Mas não!...
São somente recordações...
que teimam em renascer
nos labirintos do meu coração
submerso em fantasias e ilusões.

Oiço os suspiros do universo...
Percebo o convite para sonhar...
Quem sabe a tua presença chegue até mim,
se eu cerrar as pálpebras do desejo?
Quem sabe eu possa sentir a canção
mágica do sonho?
Talvez!

Talvez os teus lábios me acordem
a soletrar em sussurros a palavra:
" Amor..."

Depois
...
....
o silêncio do beijo.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Código do texto: T26842

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:11)
Fanny Estrela