Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMA REBELDE

*Fanny*
 
E a lágrima teimou brotar do meu olhar...
Quisera eu que ela sempre se resguardasse
quando a tristeza me pediu para ficar!
 
Oh lágrima rebelde!...
Por que ousaste pela minha face rolar?!
 
Não sabes tu que deverias em teu refúgio ficar?
Não sabes tu da minha melancolia...da minha agonia?
Por que queres assim revelar o meu segredo?
Não mostres ao mundo minha fragilidade!
Não desvendes meu imenso e contido medo!
 
Oh lágrima rebelde!...
 
Se por acaso, por mim alguém passar...
e me perguntar por que estou a chorar...
eu direi que és somente uma lágrima de luar...
que escorregou pela linha desatenta do infinito
e em mim desejou vir morar!
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Código do texto: T26859

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:15)
Fanny Estrela