Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De corpo e alma

Adormeço quando os pássaros já cantam
Acordo quando o sol já se acordou e está querendo dormir novamente
Me encontro com a madrugada
Onde faço de uma simples caneta um condutor de sentimentos e do papel meu companheiro
Em que as palavras são postas sem ter ordem ou intenção,apenas traduzem o coração
Os desejos e medos de um poeta que não quer ser esquecido
Quem as lê despem minha alma,enxergam assim o que existe além da carne
Reveladas em poucas palavras,as diversas formas de amor
Quem sabe um dia essas mesmas palavras sejam jogas junto há tudo que já passou
Borboleta da noite
Enviado por Borboleta da noite em 20/10/2006
Código do texto: T268778
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Borboleta da noite
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
320 textos (14226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:38)
Borboleta da noite