Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos no Espelho

Alento é coisa pura.
leva daqui,puxa de lá.
 
Você é só alento.
Passo na rua é uma voz só:

"lá vai o alento".
Que só anda lento!

Sei que sou dois.
Dois pra ir.

Dois prá voltar.
E todos prontos pra rir.

Mas sou sincero,
Assim...assim
Sem corruptela!

E mil mazelas.
Apenas sozinho,
grato pelo povo
que, ao me passar,
brada,"lá vai nosso alento".

Não tenho alçapão,
só sol sem calor,e me dizem:
Vai prá sua tumba!
e eu sei lá o que é isso?

E se soubesse -
a palavra dá até arrepios -
Se sou da vez
que me levem.

Pois amar, já amei:
todas mulheres
dos outros!

E depois me dizem :
"Lá vai o corruptela".

Se sou da vez
que me levem.

Mas me levem de uma só vez.
Pois se deixarem
vou atras
de todas as
as mulheres que achar!

E cuidado, sou morto
mas dentro de mim
sou vivaz e de rachar!



José Kappel
Enviado por José Kappel em 20/10/2006
Código do texto: T268822
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26788 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:50)
José Kappel