Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde nascem as palavras

Pensei em te encontrar
em algum lugar da Terra,
em algum pedaço
de estrada perdido por aí,
pensei...ou apenas imaginei?
Ou tudo não passou
de uma desvairada fantasia,
mais e mais distante da razão?

Assim,envolvida em tantos dados
subjetivos,
passei bem distante
dos cientistas,
maníacos por comprovações.
Mas percebi,decepcionada
que,nem mesmo os alquimistas
(com suas infalíveis poções)
acreditariam em uma possível
transmutação deste sonho
em realidade.

Só os astrônomos
concediam-me às vezes
a vaga esperança
de localizar-te num grão de poeira,
hipotéticamente desprendido
de uma nebulosa desconhecida...
ninguém sabe onde..ou como...

(Coisa de louco..
passar a vida com um telescópio
procurando-te no espaço cósmico,
entre incontáveis estrelas?!?
Nem mesmo a mais inveterada sonhadora
poderia suportar...)

E foi assim, que projetei-me fora do mundo
para retornar cansada, trêmula
e desesperançada.

Mas,encontrando-me naquele estado,
esvaziada de esperanças,
tomou-me pela mão,a poesia,
e conduziu-me ao centro do furacão...
onde nascem as palavras,
onde emoção explode a cada segundo...
e a razão é expectadora comportada.

E,ali mesmo,enquanto o vento rugia
e um mar de palavras inundava
o silêncio gélido da alma
encontrei-te inteiro...
mais, do que em qualquer
outro lugar.

(escrito em 2005)
Mareluz
Enviado por Mareluz em 20/10/2006
Código do texto: T268860
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:47)