Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUITAS CANÇÕES

Por acaso te encontrei naquele dia
E em outra esquina minha vida vi dobrar
De repente, no meu mundo , imperfeito
Desfez-se o medo de querer me apaixonar.

Por acaso aprendi que o tempo existe
Quando, sem você, ele passa devagar
E que os dias são os dias que correm
Ao seu lado, sem saber, sem nem notar.

Com você vivi muitas canções
E comecei a aprender a acreditar
Até a perder a razão algumas vezes
Outras vezes ,ter razão para perdoar.

E por você rasguei mais de mil versos
Que , por acaso, escrevi para te mostrar
Que aprendi, sem querer, o que é o amor
Que aprendi, com você, o que é amar.

Então ,por acaso, vi a sorte me escolher
Quando te encontrei num dia daquele maio
E eu que sempre duvidava, sem querer
O destino entregou-me ao seu abraço.

E pouco a pouco o muito se tornou
O vazio onde por acaso me exilei
A ausência afogada no meu sonho:
Eu, mesmo sem querer, me apaixonei.




Franciane Cruz
Enviado por Franciane Cruz em 20/10/2006
Código do texto: T269480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Franciane Cruz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
43 textos (2527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 01:54)